terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Belas de verdade




Uns dias atrás eu estava lendo um blog de moda de uma blogueira famosa e que eu admiro muito e acho super estilosa, então um amigo passou, parou, olhou e disse "Eita mulher feia!". Depois do susto, veio primeiro a indignação, respirei fundo, depois eu perguntei: "O que é belo pra você?".
Claro que ele veio com um monte de nomes de "gostosas". Ok! Gosto é igual braço, cada um tem o seu, mas me senti ofendida, será que eu tenho que entrar na mesma fábrica que as "gostosas" pra ser bonita?

Tudo bem que eu tenho vontade de mexer em umas coisinhas, mas isso não me deixaria padronizada, me deixaria ainda mais de bem comigo. Jamais apagaria minhas características únicas, minha mecha branca natural, meu nariz, meu sorriso, minhas sardas. Engraçado, tantas pessoas já me criticaram por gostar de minhas características, já sofri crítica até por usar maquiagem, "cabelo branco é coisa de velho", "que nariz enorme!", "posso colocar porcelana nos seus dentes e ficará perfeito!", "Eu apago as sardas no Photoshop"... Não! Não! Não!!! Não quero isso! Quero ser eu!

O que há de errado em querer ser bonita sendo o que sou?

No país em que vivemos, por muito tempo, a beleza se transformou em puro estereótipo, com padrões inacessíveis para a maioria das mulheres. Beleza de verdade é muito mais do que o que é estabelecido pela mídia. Esse blog nasceu para mostrar o ponto de vista de quem não está no padrão, queremos reconstruir o conceito de beleza. Lembrem-se gatas, Marilyn Monroe, uma das maiores sex symbols que a humanidade já viu, usava manequim 46 e sim, ela continua sendo um mito porque a mídia a lançou assim lá atrás.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...